Muita fé no 'fogão' deu bom resultado

Avenida Brasil 23-02-2019 09:23
Por João Almeida Moreira, no Brasil

Por causa das batalhas sobre direitos televisivos, o jogo entre o Defensa y Justicia, da Argentina, e o Botafogo, do Rio, para a Copa Sul-Americana foi transmitido pela Rede TV, canal pouco habituado a eventos desportivos. Causou por isso estranheza que a meia hora antes do encontro, normalmente preenchida por entrevistas e antevisões nas outras emissoras, tenha sido ocupada pelo Show da Fé, um programa religioso pago. Deu resultado: o fogão bateu o rival na casa deste por 3-0. 

Corinthians tem avançado canguru


Não, o timão não contratou nenhum ponta de lança australiano. O canguru em causa é Gustavo, ou Gustagol, jogador que andou a ganhar corpo em empréstimos até, no ano passado, se tornar goleador da Série B no Fortaleza e ganhar lugar no plantel corintiano deste ano. E na equipa titular, superando Boselli e Vagner Love, argentino e brasileiro que chegaram com estatuto de estrelas. É que Gustagol, 1,86 metros, marca que se farta de cabeça por ter impulsão absurda: segundo fisiologistas do Fortaleza, os atletas normais devem conseguir saltar um terço do seu corpo mas Gustagol, em vez dos 62 centímetros esperados, vai a incríveis 68.

Michael Jackson, mala e Karsadhian: eis Neymar


Não há jogador mais vezes motivo de comparação - às vezes inusitada - do que Neymar. Só no último ano, o médio inglês Joey Barton comparou-o à socialite norte-americana Kim Kardashian - «porque está a léguas de Messi e CR7, não é um fenómeno do futebol e sim um fenómeno publicitário» -, o treinador português Carlos Queiroz a Michael Jackson - «Messi e CR7 são o Lennon e McCartney, sempre a competirem e a melhorarem-se mas atenção vem aí Neymar que é o Michael Jackson» - e Cantona a uma mala de viagem - «mal toco na minha mala, ela gira por horas, parece o Neymar». 
 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias