Camisola listada muito natural

Avenida Brasil 17-08-2019 08:17
Por João Almeida Moreira, correspondente no Brasil

Guilherme Pimentel, 25 anos, por causa de um curso, passou o último fim de semana em Belo Horizonte. Fanático do Atlético Mineiro, foi convidado à última hora para ir ao jogo com o Flu, no Estádio Independência. Mas não tinha levado camisola do Galo na mala. Peludíssimo, teve ideia brilhante: cortou os pelos da barriga em faixas e ficou, sim, com uma camisola do clube muito mais barata. E deu tanto nas vistas que foi até filmado pela Globo. Se alguém, por acaso, a meio destas linhas se lembrou do ator Tony Ramos, fique a saber que é torcedor do São Paulo, clube sem risquinhas.

Edmundo ' animal' detesta palpites
Na Fox Sports chegou a hora dos comentadores darem palpites para os jogos da jornada. Edmundo não gosta de palpites porque não tem «bola de cristal». Então, irritado, quando lhe perguntaram sobre o resultado do Flamengo-Grêmio disparou «5-0 Grêmio». Perante o espanto dos colegas de bancada, todos a apontar o Fla como favorito (venceria por 3-1), retorquiu: «Digo o que eu quero!». Ao palpite não será alheio o facto de o animal ser fervoroso adepto do Vasco. Mas como o Vasco é comandado pelo seu arqui-inimigo futebolístico Vanderlei Luxemburgo não tem por quem torcer, daí, talvez, a irritação. 

Só Fábio não deve estar feliz com Rogério Ceni
«Vai acabar com esse clima pesado do dia a dia», disse Dedê, uma das estrelas do Cruzeiro, a propósito da chegada de Rogério Ceni ao clube para o lugar do desgastado Mano Menezes. O ponta de lança Fred, outro peso pesado da equipa, que dissera tempos antes que não era titular porque Mano só se preocupava em defender, também deve estar feliz. Mas e Fábio, o guarda-redes capitão, estará satisfeito? Talvez não. Afinal era a vítima preferida do ímpeto goleador do seu novo mister: sofreu seis golos de Ceni, entre penáltis e livres, mais do que qualquer outro goleirão no mundo.
 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias