Real Madrid é mina para os dragões

FC Porto 15-03-2019 12:54
Por Pascoal Sousa

Nunca o Real Madrid tinha pago tanto dinheiro por um central. Os merengues bateram a cláusula de rescisão de Militão, mas aos €50 milhões pagos na operação juntam-se os €2,5 milhões que desembolsam através do mecanismo de solidariedade.


Agora, pergunta para 31 milhões de euros? Quem foi o segundo defesa mais caro da história dos madrilenos? Danilo, do FC Porto, que por sinal faz agora parte de outro plantel milionário, o do Manchester City, de Pepe Guardiola! E o terceiro? Pepe, outro grande negócio do FC Porto com o Real Madrid que valeu 30 milhões. Contudo, neste caso o valor foi o mesmo pago pelo Real Madrid por Odriozola e Fábio Coentrão, sendo que um dos mais emblemáticos atletas do plantel, Sergio Ramos, custou a módica quantia de €27 milhões.  


Contas em valores absolutos, porque, por exemplo, os €30 milhões pagos em 2007 por Pepe equivaleriam hoje a muito mais.   Éder Militão passa também a ser o quarto defesa-central mais caro do futebol  mundial. O holandês Van Dijk bateu todos os recordes quando se transferiu do Southampton para o Liverpool por 78,8 milhões de euros.


O segundo e terceiro centrais mais caros do planeta jogam no mesmo clube, o City: em janeiro de 2018, o emblema de Manchester United bateu a cláusula de rescisão de €65 milhões do francês Aymeric Laporte junto do Athletic Bilbao, enquanto o inglês John Stones foi contratado pela equipa dirigida por Guardiola ao Everton por €57,5 milhões. Militão vem logo a seguir a este trio, ultrapassando, ainda que por pouco, o compatriota David Luiz, cujo passe foi comprado pelo Chelsea ao PSG por €49,5 milhões. 
 

Ler Mais
Comentários (8)

Últimas Notícias