Atuações de Alex Telles e Éder Militão são bem avaliadas por Tite

Brasil 24-03-2019 16:30
Por Bruno Andrade

O Brasil esteve longe de fazer uma grande exibição frente ao Panamá, sábado, no Estádio do Dragão, e acabou não saindo de um decepcionante empate em 1 a 1. Mas Tite tirou algumas notas positivas do encontro que serviu como preparação para disputar a Copa América, em casa, entre junho e julho. Éder Militão e Alex Telles foram bem avaliados pelo treinador.

A BOLA Brasil sabe que, na visão da comissão técnica canarinha, o lateral-direito Fagner e o atacante Richarlison foram os principais nomes diante dos panamenhos. Os dois jogadores do FC Porto, titulares durante todos os 90 minutos, também receberam elogios internos, sobretudo o zagueiro.

Militão teve a rapidez na cobertura defensiva como alvo de maior de destaque. Telles, por sua vez, ganhou pontos por causa da qualidade no passe e nos cruzamentos, mas poderia ter brilhado mais na partida se tivesse subido mais ataque.

"O Militão tem velocidade muito grande, dá para fazer pressão alta e adiantarmos os zagueiros porque ele tem recuperação grande, rápida. Mesmo com a possibilidade de tomarmos bolas nas costas, ele tem essa característica que permite uma linha mais adiantada", elogiou o treinador, logo depois da partida, em coletiva de imprensa.

Para o próximo confronto do Brasil, terça-feira, contra a República Tcheca, em Praga, os portistas serão substituídos por Marquinhos e Alex Sandro, respectivamente. 

Faltando pouco menos de dois meses para Tite anunciar a convocação final dos jogadores que vão disputar a Copa América, Éder Militão, que recentemente teve a transferência para o Real Madrid confirmada por 50 milhões de euros, está com a presença praticamente garantida. Já Alex Telles tem uma missão quase impossível, visto que ainda é a quarta opção para o setor, atrás de Marcelo, Filipe Luís e Alex Sandro.

*Texto escrito em português do Brasil

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias