«Jesus, não. O meu nome é Jorge, mas pode chamar-me míster»

Brasil 25-06-2019 14:18
Por Redação

Jorge Jesus tem causado momentos curiosos durante os treinos do Flamengo, destacando-se pelo seu profissionalismo, durante as atividades táticas, principalmente na imprensa brasileira. 

Desta vez, durante um treino um funcionário chamou o treinador de «Jesus», na qual ele respondeu imediatamente: «Jesus, não. O meu nome é Jorge, mas pode-me chamar de Mister.»

As confusões linguísticas entre o português do Brasil e de Portugal são normais.

«Mister» é a palavra mais comum no futebol, em alguns países europeus, para os jogadores chamarem ao treinador. No Brasil não é o caso…

Ler Mais
Comentários (33)

Últimas Notícias