Falhou penálti e já recebeu insultos racistas e ameaças de morte

Chelsea 15-08-2019 15:56
Por Redação

Não tardaram as reações à derrota do Chelsea na Supertaça Europeia. O principal visado foi Tammy Abraham, que falhou o último penálti e acabou por oferecer o troféu, decidido nas grandes penalidades, ao Liverpool.

O avançado, de 21 anos, foi vítima de insultos racistas e recebeu ameaças de mortes pelas redes sociais, obrigando à reação da Kick it Out, organização que luta contra o racismo no futebol.

«Estes abusos são cada vez mais previsíveis, mas não deixam de ser repugnantes. Enviamos o nosso apoio a Tammy e reiteramos o apelo ao Twitter e a outras redes sociais para reprimirem estes abusos. Queremos saber o que vão fazer para resolver este problema», lê-se no comunicado.  

No final do jogo, Frank Lampard, treinador do Chelsea, desvalorizou o falhanço de Abraham e saiu em defesa do jovem atacante: «Disse-lhe para não ficar preocupado. Eu também falhei penáltis, vai voltar mais forte.»

Ler Mais
Comentários (10)

Últimas Notícias